O consórcio SQE LUZ, formado pelas empresas SADENCO Engenharia, QUANTUM Engenharia e ARCADIS Logos S. A., foi premiado com cinco prêmios no VI Prêmio ABILUX Projetos de Iluminação (1º, 2º e 3º lugar na categoria Urbana – Vias Públicas e 1º e 2º lugar na categoria Especial Iluminação Eficiente), pelos trabalhos inovadores e eficientes realizados em Santa Catarina na área de iluminação pública. Este concurso, promovido a cada dois anos pela ABILUX – Associação Brasileira da Indústria de Iluminação, selecionou na sexta edição projetos executados em todo o território nacional, no período compreendido entre abril de 2011 e maio de 2013, que utilizaram pelo menos 60% de produtos nacionais em valor ou quantidade. Desde o I Prêmio ABILUX Projetos de Iluminação, o consórcio SQE LUZ já foi premiado 11 (onze) vezes.

A solenidade de premiação ocorreu no dia 22/10/2013, no Centro de Eventos da FIESP, em São Paulo/SP. O evento celebrou ainda o Dia da Iluminação, comemorado em 21 de outubro.

Os projetos premiados foram os seguintes.

JOINVILLE--SC--AVBEIRA-RIO

Primeiro lugar na categoria Urbana – Vias Públicas para o projeto de modernização da iluminação pública da Avenida Beira-Rio de Joinville (Foto de Lino Sasse);

 

sfdssc

Segundo lugar na categoria Urbana – Vias Públicas para o projeto de modernização da iluminação pública da Praça Getúlio Vargas (Praça da Matriz) em São Francisco do Sul (Foto de Lino Sasse);

 

fpolis_

Terceiro lugar na categoria Urbana – Vias Públicas para o projeto de modernização com luminárias LED da iluminação pública da Avenida Beira-mar Norte de Florianópolis (Foto de Adriano Amaro);

 

sfdssc_

Primeiro lugar na categoria Especial – Iluminação Eficiente, para o projeto de iluminação de destaque com LED das fachadas da Igreja Matriz Nossa Senhora das Graças em São Francisco do Sul (Foto de Lino Sasse);

fpolis

Segundo lugar na categoria Especial – Iluminação Eficiente, para o projeto de modernização da iluminação pública do Passeio dos Namorados em Jurerê Internacional, Florianópolis SC (Foto de Adriano Amaro).

 

 

Deixe um comentário

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> 

obrigatório

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.